Zui Quan – A Forma do Bêbado

tumblr_nbeci9AaK01ri3pxro1_540

Ana Calazans

Leia aqui artigo traduzido do Kung Fu Magazine sobre a forma do bêbado no Choy Lay Fut

O Punho, Forma ou Boxe do Bêbado é um dos estilos mais referenciados no universo das artes marciais chinesas. Apesar das inúmeras citações em filmes, HQs e imaginário pop ocidental, ele é uma das rotinas menos conhecidas e praticadas, mesmo na China.

As variações da forma aparecem em escolas tanto do Norte como do Sul, embora suas características básicas se mantenham quase inalteradas. Nas línguas faladas na China, o ‘Punho Bêbado’ é grafado como Joi Baat Seen Kuen, Zui Ba Xian Quan (que se refere mais especificamente à variação dos Oito Imortais) e, mais comumente, Zui Quan.  Estudiosos concordam que a origem do estilo é ligada a raízes religiosas, tanto budistas como taoístas.

Um dos mitos de origem da linhagem budista se baseia na suspensão da proibição do consumo de álcool e carne por ocasião do apoio dos monges a Li Shimin (Dinastia Tang), que quando se tornou imperador presenteou o mosteiro com terras, vinho e mantimentos. Outro credita a criação no período posterior da Dinastia Song, quando um artista marcial, Liu Qizan, após ter morto acidentalmente uma pessoa, se refugiou no mosteiro fazendo os votos. Ele costumava beber muito e os monges decidiram expulsá-lo; embriagado e raivoso, Liu desafiou e venceu 30 monges.  Na ressaca, meditou sobre sua performance embriagado e decidiu refinar a técnica. O abade, impressionado, pediu que ele a transmitisse. A linhagem bêbada Shaolin possui formas de armas variadas, sendo a mais importante a do bastão.

eight-immortals01
Os Oito Imortais Bêbados

A genética taoísta do Zui Quan está vinculada diretamente ao sistema dos ‘Oito Imortais Bêbados’ que compreende oito katis cada um representando um imortal com habilidades e características de combate específicas. Essas habilidades refletem de maneira alegórica e arquetípica as técnicas e características do sistema. Lü Dongbin, o líder dos imortais, por exemplo, possui uma extrema força interna e precisão em golpes e técnicas como o dim mak. Outros se destacam pela potência, flexibilidade, capacidade de distração (fintas) ou pelas técnicas de chutes, de Shuai Jiao ou de chin na. A arma mais utilizada pelo sistema interno é a Espada Bêbada.
Estas linhagens deram origem as rotinas – ou sistemas – do Bêbado, hoje concentradas em apenas seis nichos: a  do Nei Jia ou estilos internos, a do Hung Gar, a da família  Ma (Estilo das Oito Sombras ou Ba Ying), a dos estilos do Macaco e Garra de Águia e a do Choy Lay Fut, que possui, na linhagem do Grão-Mestre Lee Koon Hung, uma forma do bêbado muito sofisticada que é, na mesma medida, muito famosa e raramente dominada. O Wushu também adaptou a rotina para suas apresentações.

 

 

Características

O estilo tem como marca a movimentação desajeitada e relaxada de uma pessoa embriagada. Os punhos e os dedos imitam a forma de uma mão segurando um copo – a lenda sustenta que o praticante executa melhor a forma quando realmente bebe enquanto luta.

É uma rotina que reúne praticamente todas as técnicas marciais desenvolvidas na China (talvez seja a mais completa nesse sentido), incluindo posturas de alcances diversos, que vão de golpes rasteiros a saltos e chutes altos, técnicas de projeção e agarramento (chin na), bloqueios, esquivas, fintas, combate de solo e aéreo, além de um forte trabalho interno. É considerado um dos estilos mais difíceis de dominar.

bc9d41aa665b96d9ed2000b62a6ab2e6

Entre suas habilidades estão a capacidade de desorientar o adversário com quedas, giros rápidos, rolamentos, ataques acrobáticos e imprevisíveis e a de se manter eficiente e efetivo mesmo nas posturas mais improváveis – mesmo caindo ele pode atacar e se esquivar. Uma de suas estratégias é fintar uma defesa ou bloqueio no ataque apontando para uma direção e atacando em outra. A flexibilidade dos músculos e articulações é extremamente exigida no estilo. “Pareça fraco quando estiver forte, desequilibrado quando estiver firme” é o axioma usado no sistema do Punho Bêbado da família Ma.

O conceito de ‘Corpo vazio, barriga [cheia] de vinho’ sintetiza a postura corporal e reflete a ideia de que a energia se concentra na região do Dantien que deve estar cheio de chi, que flui como o vinho para todo o corpo. A ‘mão que segura o copo’ não é meramente um gesto imitativo. O punho bêbado é utilizado para golpes com as costas das mãos, dedos, pulso e antebraços, que podem, além de defender e atacar, agarrar, lançar e travar – como citado acima, o  chin na e o dim mak (dian xue) são  muito utilizados no estilo. O soco, no entanto, raramente é usado. A expressividade é outro componente importante: vários graus de embriaguez são demonstrados por diferentes intervalos de movimentos e olhares.

Como dito, o Zui Quan é um sistema que tem seus princípios utilizados por algumas escolas, assim como ocorre com o Shuai Jiao, por exemplo. Sendo um sistema, possui várias armas como o bastão (que aparece nas formas do dragão e do bêbado) espada (Espada do bêbado imortal), lança (Lança do soldado bêbado) e facão (Dao do bêbado). As formas de armas se baseiam em palavras-chave que que explicam a ‘energia’ de seus movimentos.

O aprendizado da forma do bêbado se inicia com o trabalho de condicionamento externo e vai se tornando cada vez mais interno. A meditação e o chi kung são parte indissociável do treinamento.  A despeito de sua extrema dificuldade, a forma do bêbado foi feita para que os praticantes continuem combatendo e treinando com ela até a idade avançada, principlamnete devido ao efeito do trabalho interno e da fexibilização dos tendões e articulações.

 

 

Os Oito Imortais

Lu,  o líder dos Oito Imortais. Tem como  habilidade a força interna. Carrega uma espada nas costas que dissipa os maus espíritos e costuma se balançar para trás para enganar o inimigo

Li , o aleijado.Caminha com uma bengala de ferro e finge fraqueza para vencer a luta com um chute poderoso

Han, o imortal mais forte. Transporta um grande caldeirão de vinho

Lan, sexualmente ambíguo. Carrega uma cesta de bambu e ataca os inimigos com movimentos  da cintura e  posturas femininas

Zhang, o homem velho que cavalga um jumento. Faz acrobacias divertidos sobre o jumento e possui chutes duplos rápidos e letais

Cao, o imortal mais jovem. É inteligente e um lutador estratégico que costuma usar as técnicas de chin na e dim mak

Han, imortal flautista. Realiza um combate de evasão e ataca com pulsos poderosos

He ou Ho, a Senhorita. Flerta com o oponente para acionar ataques de curto alcance fugindo dos golpes com torções do tronco.

 

 Leia aqui matéria do Blackbelt Magazine sobre o Kung Fu Bêbado, com destaque para o Choy Lay Fut

Novo(a) Microsoft PowerPoint Presentation

 hung-ga-kyun-eight-drunken-immortals

Anúncios

1 comentário Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s