Tradução -A Lei da Selva: O Punho da Pantera do Choy Lay Fut

Tradução Ana Calazans

(OBS: achei o texto muito mal escrito. Traduzi porque considero que existe falta de material sobre CLF em português)

Por Chris Childs – Publicado originalmente na edição de julho de 2008 da Kung Fu Tai Chi Magazine

O Choy Lay Fut é um sistema de artes marciais chinesas que abrange um amplo espectro de técnicas. Seja qual for a situação em que o praticante de Choy Lay Fut se encontre existe uma resposta nos conceitos que permeiam o sistema. As técnicas treinadas utilizam o corpo inteiro e incluem todos os tipos de ataques, poderosas travas de juntas e arremessos devastadores. Além do extenso catálogo de técnicas de mãos vazias à disposição do praticante, existem ainda numerosas técnicas de armas. Subjacente a este impressionante e abrangente sistema estão uma série de conceitos que permitem que o praticante Choy Lay Fut se adapte a qualquer situação. O foco nestes conceitos também permite que o sistema se adapte às características físicas dos seus praticantes.

Como a maioria dos sistemas do Sul, muitas das técnicas de Choy Lay Fut são baseados no movimento de animais. A técnica de assinatura do sistema CLF, o Sau Choy, é um soco, ou golpe de antebraço, de varredura descendente mais comumente usado como uma técnica de finalização. O Sau Choy imita o movimento e as características da tromba do elefante. Além do Sau Choy existem outras “técnicas do elefante”, tais como Kup Choy e o Pow Choy. O CLF também emprega as cinco técnicas de animais que são comuns aos sistemas do Sul das artes marciais chinesas.

Os cinco animais do Sul são comumente listados como a serpente, o tigre, a pantera, a garça e dragão. Cada um destes animais tem um atributo específico: Dragão/Espírito, Tigre/Força, Serpente/Chi, Pantera/ Velocidade e Garça/Equilíbrio. Quando combinados eles trazem um equilíbrio global para o praticante. Aspectos destes cinco animais podem ser encontrados no Ng Ying Kuen (Punho dos Cinco Animais) e em todo o sistema Choy Lay Fut. O Ng Ying Kuen é uma forma comum em estilos do Sul. Alguns acreditam que ela foi ensinada pelo monge Shaolin Jee Shim depois de ter escapado a queima do templo Shaolin durante a dinastia Qing (1644-1912). Creditado como a fonte de muitas artes marciais do Sul, Jee Shim ensinou seis alunos famosos no Templo Kwong How em Cantão. Esses alunos eram Liu Chan, Hung Hei Koon, Choy Chin Kwong, Mok Tai Cheung, Lau San e Lee Yau Shan. Lee Yau Shan, eventualmente, passou os ensinamentos de Jee Shim ao fundador do Choy Lay Fut, Chan Heung (1805-1881).

Os blocos de construção básicos do sistema CLF são baseados no conceito destes animais que foram transmitidos pelo Templo Shaolin do Sul. Entre as técnicas dos cinco animais, o praticante de Choy Lay Fut é conhecido por uma em particular: o Chop Choy ou Punho da Pantera. Ao contrário do tigre, que confia em sua força, a pantera se baseia em sua velocidade e precisão. O uso do Chop Choy requer primeiro uma sólida compreensão da estrutura, conceitos de combate e métodos de treinamento que servem para tornar esta técnica um dos ataques mais devastadores no arsenal Choy Lay Fut.

Punho da Pantera

A pantera é um animal ágil, rápido; nas artes marciais ela representa a velocidade. O Chop Choy é um soco disparado e rápido, semelhante ao jab do boxe ocidental. Ele destina-se a pontos específicos, como as costelas, plexo solar, garganta e têmpora. O praticante de Choy Lay Fut compensa a falta de força bruta com a rapidez e ferocidade do ataque a esses pontos fracos da anatomia.

O Chop Choy é feito curvando os dedos na segunda junta e colocando o polegar contra o indicador de apoio. A colocação correta do polegar é crucial para a formação do Chop Choy. Corretamente ajustado, o polegar serve para unificar o resto dos dedos em uma superfície de impacto. O ajuste incorreto irá reduzir a quantidade de força que as juntas dianteiras podem apoiar e não só irá enfraquecer o golpe, mas também pode resultar em dedos quebrados. Estranho e não natural no início, uma vez devidamente aprendido o Chop Choy tem uma vantagem sobre o punho convencional. Usando as juntas dianteiras como superfície de contato o praticante reduz a área de impacto e concentra a força deste golpe penetrante em uma área alvo menor. Em essência, o punho é usado como uma lança em oposição a um aríete. Usando as juntas dianteiras o praticante de Choy Lay Fut também vai ganhar algumas polegadas de alcance extra, que podem parecer insignificantes, mas podem fazer uma enorme diferença na vida real e em um combate mortal.

Há muitas variações da técnica, mas as mais comumente usadas são o Yerng (yang) Chop Choy e a Yum Chop Choy (yin). O Yerng viaja em diagonal ascendente a partir da cintura para o tronco do adversário. O Yum desce a partir da orelha usando um movimento de torção para perfurar ainda mais o alvo. (Nota da tradutora: a linhagem de CLF que atua no Brasil, que tem como grão-mestre Lee Koon Hung e é representada pela International Traditional Kung Fu Asociation, costuma treinar o Yum Chop Choy também partindo da cintura. Embora o texto não deixe claro, o Yerng Chop Choy é executado com a palma virada em direção ao corpo e o Yum com ela apontada para o lado externo – o braço executa uma rotação). Estas técnicas são geralmente utilizadas em combinação para atacar a mesma área alvo ou “porta”. A teoria das “Portas” é a divisão do corpo em seções para ataque ou defesa. Na configuração do CLF o corpo é dividido em 12 portões representados pela combinação das seções esquerda/direita e interior/exterior com as porções superior/média/inferior do corpo.

df7110_4b36f53d32d945389771f74945efe9ea
Tiago Spagnuolo da Mui Fa Escola de Kung Fu demonstra o Yum Chop Choy

Abrir uma porta significa chamar a atenção do adversário para um determinado portão e, em seguida, atacar o portão oposto. Destruir um portão significa atacar continuamente (Lin Wan Kuen) uma porta específica até que o oponente não possa mais se defender. O ataque contínuo (Lin Wan Kuen) com o Chop Choy é muitas vezes empregado para destruir um portão, mas também pode ser utilizado para abri-lo. O ângulo de cada combinação Yerng/Yum Chop Choy pode ser usado para atacar com precisão em torno da guarda dos oponentes abrindo os ‘portões’.

Ambas as técnicas são normalmente utilizadas a partir da posição do cavalo (Mabu). A posição do cavalo é usada pelo praticante de Choy Lay Fut no combate com um posicionamento lateral. De frente, a posição do cavalo tem força limitada e expõe muitos alvos vitais. A utilização da postura lateral limita a área de exposição ao ataque.

O emprego da estrutura correta da posição lateral do cavalo canaliza a força de todo o corpo a partir do solo diretamente para o ataque, ao mesmo tempo em que transfere a força rebote do golpe através do corpo diretamente para o solo. Existe um teste simples usado pelo praticante Choy Lay Fut para testar a estrutura tanto da postura como do Chop Choy. Assumindo a posição do cavalo execute um Yerng Chop Choy e peça a um parceiro para empurrar seu punho. A chave para esta estrutura é manter uma linha reta desde o punho até a parte posterior do ombro, mantendo as costas retas e a postura aterrada. Quando executada corretamente o praticante só deve sentir a força na perna traseira.

 Treinamento

Para utilizar corretamente o Chop Choy na potência máxima do Choy Lay Fut, o praticante precisa passar por treinamento especial. Existem vários métodos de treinamento tradicionalmente utilizados para reforçar gradualmente, fortalecer e condicionar o Chop Choy. Até conseguir condicionamento suficiente para o golpe, o aluno iniciante pode substitui-lo pelo punho regular enquanto utiliza os conceitos de luta mencionados anteriormente.

O primeiro passo para ter um Chop Choy condicionado é reforçar o punho treinando os músculos estabilizadores do punho e da mão. Uma vez que a superfície de impacto é menor quando se usa os dedos dianteiros, atenção extra deve ser dada aos músculos estabilizadores. Isto é feito através da realização de flexões mantendo o punho na posição do Chop Choy. A maioria dos novatos começar este exercício sobre uma almofada fina, pois o chão duro pode ser doloroso. Além disso, se o novato não pode realizar flexões nesta posição pode manter a posição em diferentes alturas para começar a fortalecer o punho antes de realizar flexões completas.

Existem vários métodos diferentes de treinamento da superfície de impacto. Os dois mais comuns são o saco de parede e o saco “palma de ferro”. Estes sacos podem ser preenchidos com uma variedade de substâncias. Nas fases iniciais da formação, podem ser cheio com arroz ou feijão. Nas fases posteriores, podem ser enchidos com areia, gravilha ou mesmo granalha de aço. O saco de palma de ferro é utilizado golpeando com força crescente na posição do cavalo. Isto pode ser feito por qualquer um por um certo número de repetições ou por um período de tempo predeterminado. O saco de parede é usado em pé em uma posição natural e golpeando de forma mais leve. Depois que uma quantidade suficiente de força foi adquirida, a bolsa pode ser atingida com força total e com as combinações do Yerng e Yum. Semelhante ao saco de palma ferro, o saco de parede pode ser golpeado por um certo número de repetições ou uma quantidade predeterminada de tempo.

Além desses métodos de fortalecimento, devem ser utilizados outros métodos de fortalecimento de mãos e dedos. Exemplos incluem flexões ponta do dedo, treinos de aderência e treinamento com peso, incluindo elevação, anéis e roldanas de pulso.

Quer ajudar o Blog?

Ajude a manter o Zenkungfu ativo e criativo com uma doação. Você pode doar R$ 5, R$ 10, ou o quanto quiser e puder é só clicar no botão abaixo.

btn_donateCC_LG

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s